sexta-feira, 27 de maio de 2011

Segunda Guerra Mundial (1939-1945): Resumo para o questionário



FASCISMO NA ITÁLIA
Benito Mussolini (1883-1945) foi o fundador do Partido Nacional Fascista, em 1921. Com a promessa de encaminhar a economia do país ao crescimento, Mussolini conquistou o poder na Itália em 1922.
O fascismo foi um movimento nacionalista italiano, antiproletário, que defendia segundo Mussolini: "Tudo no Estado, nada contra o Estado, nada fora do Estado"



NAZISMO NA ALEMANHA
Adolf Hitler (1889-1945), nasceu em Braunau, na Áustria, porém em 1914, alistou-se como voluntário no exército alemão. Onde durante a Primeira Guerra Mundial (1914-1918) foi condecorado com a medalha Cruz de Ferro. Após a derrota alemã, Hitler filiou-se ao Partido dos Trabalhadores Alemães em 1919. Partido rebatizado em 1920 com o nome Partido Nacional Socialista (NAZI).
O nazismo foi um movimento nacionalista alemão, criado por Adolf Hitler. O nazismo defendia a "superioridade da raça ariana", o "anti-semitismo", o "total fortalecimento do Estado" e o "expansionismo da Alemanha".
Com a aprovação do presidente Hindenburg, Hitler, tornou-se chanceler da Alemanha em 30 de janeiro de 1933. Com a morte de Hinderburg, em agosto de 1934, Hitler assumiu a presidência do país, tornando-se o "Líder", o "chefe supremo da Alemanha".


OCUPAÇÃO DA RENÂNIA
Março de 1936, Hitler descrumpriu os termos do Tratado de Versalhes, ordenando que o exército alemão ocupasse a Renânia, região cortada pelo rio Reno, na fronteira entre a França e Alemanha. 

OCUPAÇÃO DA ÁUSTRIA
Em março de 1938, com o apoio do Partido Nazista Austríaco, Hitler anexou a Áustria. Numa política conhecida como "Anschluss" (união).

INVASÃO À TCHECOSLOVÁQUIA
Com o pretexto de que o governo da Tchecoslováquia oprimia os alemães (cerca de 3 milhões) que viviam nos Sudetos, Hitler reivindicou a anexação da região.


PACTO ENTRE STALIN E HITLER
Em 27 de agosto de 1939, a Alemanha assinou um pacto secreto de não-agressão com a União Soviética. Stalin  e Hitler decidiram dividir a Polônia entre as duas potências.

INÍCIO DA SEGUNDA GUERRA MUNDIAL 
Em 03 de setembro de setembro de 1939, Inglaterra e França declararam guerra à Alemanha. Dando início a Segunda Guerra Mundial.
Depois de dominar a Polônia, os alemães conquistaram rapidamente: Dinamarca em 09 de abril de 1940; Holanda em 15 de maio de 1940; Bélgica em 28 de maio de 1940; Noruega 10 de junho de 1940; e França em 14 de junho de 1940.
Em junho de 1941 a União Soviética entrou na guerra, após a decisão de Hitler ordenar sua invasão.



ATAQUE JAPONÊS À PEARL HARBOR
A decisão dos Estados Unidos de entrar na guerra resultou, principalmente, após o ataque japonês à base militar norte-americana de Pearl Harbor, no Havaí, em 7 de dezembro de 1941.
  
DIA D
Em 6 de junho de 1944, as tropas aliadas desembarcaram na Normandia (França) e iniciaram o ataque contra os alemães. Esse acontecimento foi intitulado "Dia D", "Dia da Decisão". Nessa gigantesca operação militar, 176 mil combatentes aliados desembarcaram na Normandia.


SUICÍDIO DE HITLER
Em 25 de abril de 1945, Berlim estava cercada. Hitler assim como sua mulher Eva Braun e Goebebels (ministro da Propaganda Nazista) cometeram suicídio em 30 de abril.

DIA DA VITÓRIA NA EUROPA
Em 8 de maio de 1945, ocorreu a rendição alemã. Esse acontecimento foi considerado o Dia da Vitória na Europa.



BOMBA ATÔMICA
A rendição japonesa só ocorreu quatro meses após o fim da guerra na Europa. As forças armadas dos Estados Unidos lançaram duas bombas atômicas no território japonês. Em 6 de agosto em Hiroshima; e em 9 de agosto em Nagazaki. Instantaneamente, morreram, cerca de 160 mil pessoas. 
Harry Truman, o então presidente dos Estados Unidos, defendeu que a bomba atômica foi utilizada para apressar a rendição japonesa.


VÍTIMAS MILITARES: COMBATENTES MORTOS
União Soviética (13,6 milhões); Alemanha (4 milhões); Polônia (4 milhões); China (2,2 milhões); Japão (1,2 milhões); França (530 mil); Inglaterra (400 mil); Itália (400 mil); Estados Unidos (300 mil).



BRASIL NA SEGUNDA GUERRA MUNDIAL
Em 1943, foi organizada a Força Expedicionária Brasileira (FEB), destacamento militar que lutava na Segunda Guerra Mundial. Quase um ano depois as tropas começaram a ser enviadas, inclusive com o auxílio da Força Aérea Brasileira (FAB). A principal participação brasileira ocorreu na organização da campanha da Itália. Onde os brasileiros foram para o combate ao lado das forças estadunidenses. Nesse contexto, mais de 25 mil soldados brasileiros foram enviados para a Europa. No conflito com forças nazistas de segunda linha, o desempenho da FEB e da FAB foi considerado satisfatório, com a perda de 943 homens.


2 comentários:

  1. Gente isso vai ser muito importante para minha prova,muito obrigado pelo resumo mais eu queria uma revisão mas msm assim parabéns ao criador do site!

    ResponderExcluir